fbpx
Escolha uma Página

Notícias e Eventos

Faculdade de Direito de Vitória

Texto do saudoso professor Thiago Fabres de Carvalho marca discussão emocionante sobre Democracia e Direitos Humanos na FDV

11 mar 2020Doutorado, Mestrado, Pesquisa0 Comentários

“A crise política no mal-estar pós-moderno: (di)lemas e desafios os Estados democráticos na contemporaneidade”, um texto escrito em 2002 pelo saudoso professor Thiago Fabres de Carvalho, mas totalmente pertinente ao nosso tempo, marcou uma discussão emocionante sobre Direitos Humanos, Democracia e Pós-modernidade na FDV na última sexta, 06 de março de 2020.

Publicado na obra “O Estado e suas crises” e escrito pelo professor Thiago quando aluno do PPGD da Unisinos-RS, o texto foi escolhido para ser trabalhado como homenagem da vida e da obra do professor falecido no mês de fevereiro.

O encontro que reuniu grupos de pesquisa da FDV e atraiu pesquisadores, professores, alunos da Graduação ao Doutorado da FDV, além de amigos e demais interessados no tema que lotaram o auditório. O professor e amigo, Nelson Camatta Moreira, também coordenador de um dos GPs, relatou como foi o encontro marcado de reflexões e emoção.

“Dada a riqueza do texto, acabamos focando mais a sua introdução do texto de Thiago e, devido às circunstancias de sua partida (precoce) e da saudade imensa que ficou, preferimos registrar, diante de um auditório repleto de alunos de todos os períodos da graduação, do mestrado, do doutorado, além de convidados externos, a beleza da trajetória de vida de um jovem de 42 anos que partiu deste mundo deixando, como professor, muitos escritos, uma infinidade de aulas, palestras e outros tipos de trabalhos acadêmicos apresentados, como advogado, uma militância aguerrida e extremante humana e técnica na esfera criminal e, como ser humano, um legado de respeito ao próximo, afeto ilimitado aos colegas, amigos e familiares. Nessa perspectiva, vida e obra se misturaram nos diversos relatos de professores e alunos que registraram carinho, gratidão, respeito e muita admiração pelo irmão, amigo, colega, e, acima de tudo, Ser Humano Thiago Fabres de Carvalho”, disse Nelson.

Os grupos participantes foram: Teoria Crítica do Constitucionalismo, coordenado pelos professores Nelson Camatta Moreira; Estado e Constitução, coordenado pelo professor José Luiz Bolzan de Morais; Invisibilidade social e energias emancipatórias em Direitos Humanos, coordenado pela professora Gilsilene Passon Picoretti Francischetto; e Hermenêutica Jurídica e Jurisdição constitucional, coordenado pelos professores Alexandre de Castro Coura, Américo Bedê Freire Júnior e Ricarlos Almagro da Cunha.

X