fbpx
Escolha uma Página

Notícias e Eventos

Faculdade de Direito de Vitória

Roda de Conversa sobre “Eleições 2020: Hermenêutica, Jurisdição Constitucional e Direito Eleitoral” marcará lançamento de livro no dia 17 de setembro

11 set 2020Doutorado, Graduação, Mestrado0 Comentários

A FDV realizará no dia 17 de setembro de 2020, uma roda de conversa sobre “Eleições 2020: Hermenêutica, Jurisdição Constitucional e Direito Eleitoral”. O evento marca o lançamento do livro do egresso e mestre pela FDV, Helio Deivid Amorim Maldonado, que reúne estudos de suas pesquisas acadêmicas e participações de renomados juristas da área eleitoral no Espírito Santo e do Brasil.

Com início às 19h pelo Zoom, a roda e conversa contará com as participações dos professores da FDV, Adriano Pedra e Daury Cesar Fabriz além dos convidados, Rodolfo Viana (UFMG), Arthur Rollo (FDSBC), Edilene Lobo (UIT) e Wilma Chequer (OAB-ES).

O evento é aberto a toda a comunidade acadêmica da FDV, além de público externo. Para participar basta acessar o link a seguir.

CLIQUE AQUI E ACESSE A SALA NO ZOOM. 

Ao falar sobre a obra, o autor Helio Deivid Amorim Maldonado, destacou que o trabalho é o resultado de um compilado de textos inéditos produzidos nos últimos cinco anos de estudos junto ao Grupo de Pesquisa Hermenêutica e Jurisdição Constitucional, no curso de Mestrado da FDV.

“A intercombinação entre hermenêutica e jurisdição constitucional tem por objetivo fornecer um fundamento epistemológico ao Direito Eleitoral, compatibilizando-o com o paradigma do Estado Democrático de Direito. Isto pois, subsiste uma inevitável trajetória entre texto de Lei e norma, sendo essa o produto da atividade interpretativa da Justiça Eleitoral na judicialização do processo eleitoral, guiada essa competência, entretanto, pela procura de respostas circunstancialmente corretas e constitucionalmente adequadas. O livro apresenta matrizes teóricas diversas da Teoria Geral do Direito, da Sociologia do Direito, da Filosofia do Direito, do Direito Constitucional e do Direito Eleitoral, aplicando-as como fundamento à dogmática eleitoral, nas questões relacionadas aos partidos políticos; à propaganda eleitoral; às inelegibilidades; ao abuso de poder; à valoração probatória; e à responsabilidade civil por dívidas de campanha”, disse.

Clique no link e acesse a obra: http://arquivo.fdv.br/uploads/rxq1u89il3.pdf

 

X