Escolha uma Página

Notícias e Eventos

Faculdade de Direito de Vitória

Programa de Intercâmbio 2019/1: Conheça as experiências de alunos e egressos que participaram. Inspire-se, e inscreva-se até o dia 19/09

13 set 2018 | Graduação | 0 Comentários

O Núcleo de Relações Internacionais – NRI da FDV está com as inscrições abertas, para o Programa de Intercâmbio 2019/1, até o dia 19 de setembro de 2018. Todos os alunos do curso de Graduação podem realizar sua inscrição no processo seletivo. Conheça algumas experiências de quem já participou do programa da FDV. Inspire-se, e inscreva-se!

CLIQUE AQUI E ACESSE O EDITAL DO PROGRAMA 2019/1

“Eu escolhi fazer o intercâmbio para a FDUNL já próxima de concluir minha graduação na FDV, e cursei apenas disciplinas dos mestrados em direito oferecidos pela universidade portuguesa. Se tivesse que resumir essa experiência em uma única palavra, seria “incrível. Tive a oportunidade de ser aluna de juristas reconhecidamente excelentes, os quais me ensinaram sobre constitucionalidade portuguesa, história e estrutura jurídico-política da União Europeia, como um advogado deve portar-se e discursar em tribunais europeus, como mediar e conciliar conflitos cíveis e comerciais, e agregaram novas e ricas visões do próprio mundo jurídico. Assim, este intercâmbio serviu, além de todo o conhecimento adquirido, para que eu tivesse certeza de qual área jurídica seguir, e certeza de que a FDV é uma instituição de muita excelência de ensino, pois em nenhum momento me senti despreparada. Cada trabalho, prova e matéria estudada durante a graduação serviram para formar uma sólida e forte base de conhecimento que me permitiram ser aprovada com o mesmo aproveitamento dos alunos mestrandos”, Caroline Vianna, intercambista 2018/1 na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

“A experiência que obtive com o intercâmbio proporcionado pela FDV para a FDUNL foi única e incrível. Isso porque, pude conviver não só com portugueses, como com alunos estrangeiros de diversos locais do mundo que possuíam objetivos em comum: o enriquecimento cultural e acadêmico. Além de conhecer novas culturas, hábitos, formas de vida, foi possível perceber o direito por uma nova perspectiva – uma diferente maneira de observar, estudar e compreender esta ciência em si. Ainda no ambiente acadêmico, pude participar de eventos como o Campeonato Mundial de Debates em Língua Portuguesa e apresentar um banner no 15º Congresso Nacional de Bioética (8º Fórum Luso-Brasileiro), que contava com a presença do o presidente da cadeira da UNESCO de Bioética. De fato, o que a FDV possibilita através desse programa de mobilidade internacional, é a oportunidade de crescer no âmbito pessoal e universitário, de forma a ampliar o universo do aluno para realidades distintas das vividas no Brasil. Para mim, o intercâmbio foi uma experiência singular”, Júlia Luiz, intercambista 2018/1 na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

“Após tentar e ser aprovado no processo de seletivo intercambio institucional passei o período de 2018/1 vivendo e estudando em Cuenca, Espanha onde fui recepcionado na Universidad Castilla – La Mancha. Estudava semanalmente língua espanhola e disciplinas do direito espanhol e europeu o que tenho certeza que abriu um novo horizonte para mim, pois pude através desta experiência além de aprender um novo idioma, vislumbrar também como o direito é estudado em outras nações. Ainda vale ressaltar que o intercambio é uma experiência completa, e que além de ter a chance de estudar numa universidade de excelência europeia, há diversos outros modos de agregar a sua estancia. Tive a oportunidade por exemplo de participar do 1º Mundial de Debates em Língua Portuguesa ocorrido em Lisboa, o que só foi possível graças à ajuda institucional e o favorecimento geográfico de estar em um continente com livre circulação e uma mobilidade bem acessível entre nações, o que também posteriormente me fez conhecer a cultura de outros dez países durante essa estancia. Por fim, estou seguro que o intercambio da FDV foi a melhor oportunidade que tive na minha vida acadêmica, e indico a participação a todos estudantes da instituição”, Alvim Bragio Alves, intercambista 2018/1 na Universidad Castilla – La Mancha.

X